container - hyperbanner

1

Notícias

Autoridades serão revistadas em visita a presídios

Só ficam dispensados da revista mecânica gestantes e portadores de marca passo

Da Redação ([email protected] )
- Atualizada em

Foto: Agência O Globo

 A partir desta terça-feira qualquer autoridade que entrar num presídio, seja ministro, governador, defensor ou advogado, terá que passar pelo procedimento de revista mecânica. A Alerj aprovou a alteração na lei, de autoria dos deputados Milton Rangel (DEM) e Flávio Bolsonaro (PSC), que estende a revista a cargos anteriormente imunes.

Só ficam dispensados da revista mecânica gestantes e portadores de marca passo. Em caso de suspeita fundada, será realizada busca manual nos pertences, da qual só estão dispensadas crianças e adolescentes.

Aprovado em junho, o projeto venceu resistências de parlamentares que queriam excluir categorias - como os advogados – da alteração na lei. O projeto chegou a ser vetado pelo governador Luiz Fernando Pezão, mas os parlamentares derrubaram o veto semana passada. Como o governador não sancionou a lei no prazo de 48 horas previsto, coube ao Legislativo promulgá-la.

Em maio, o governador sancionou lei semelhante, dos mesmos deputados, que determina a revista de autoridades nas unidades do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase).

AGÊNCIA O GLOBO


(cópia 1)