container - hyperbanner

1

Notícias

Crivella admite que censura eventos que ofendam a liberdade religiosa

JOGOS MUNICIPAIS OCUPAM ARENA DO PARQUE OLÍMPICO

Da Redação ([email protected] )

O prefeito Marcelo Crivella voltou a afirmar, nesta quarta-feira, que não admitirá a exibição de espetáculos ou mostras "que ofendam a religião das pessoas" em espaços da prefeitura. Na terça-feira, dia 5, Crivella divulgou um vídeo nas redes sociais comentando a suspensão do espetáculo "O Evangelho segundo Jesus, rainha do céu". A peça, que teria uma atriz transexual no papel de Jesus, teve a sua exibição suspensa da Arena Fernando Torres, no Parque Madureira.

- Se você considera censura, eu vou dizer a você que é. É uma censura que garante os direitos de liberdade religiosa e das pessoas não serem ofendidas na sua liberdade religiosa. Não chamo isso de censura. Enquanto eu for prefeito, nos espaços públicos administrados pela prefeitura, nós não permitiremos qualquer manifestação que ofenda a religião das pessoas - reiterou ele, durante a abertura dos Jogos Estudantis, no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca.

Na segunda-feira, data da suspensão do espetáculo, a prefeitura havia informado que a programação estaria suspensa há um mês, desde que o antigo gestor do espaço questionou na Justiça a licitação para a escolha do novo administradir. A decisão de interromper as atividades é do juiz Marcelo Martins Evaristo da Silva.

Cerca de 40 pessoas, entre artistas e militantes LGBTQI+, fizeram nesta terça-feira, no Méier, um protesto contra o cancelamento da peça “O evangelho segundo Jesus, rainha do céu”, na qual uma atriz transexual interpreta o papel de Cristo. O espetáculo, que faz parte da mostra “Corpos Visíveis”, seria encenado neste fim de semana na Arena Carioca Fernando Torres, no Parque Madureira, mas, segundo a prefeitura, foi suspenso, assim como outras atividades que aconteceriam no local, porque o espaço cultural está interditado há cerca de um mês por ordem judicial.

JOGOS MUNICIPAIS OCUPAM ARENA DO PARQUE OLÍMPICO

A 27ª edição Jogos Estudantis da rede municipal vão acontecer até o fim do ano na Arena Carioca 3, no Parque Olímpico. Mais de 20 mil estudantes de 1580 escolas vão disputar as modalidades: handebol, futsal, vôlei, basquete, xadrez, atletismo, tênis de mesa, badminton, cabo de guerra e queimado. O evento da Prefeitura acontece em parceria com o Sesc RJ, que ao longo do ano, levará ao local serviços gratuitos de esporte, recreação, saúde e cultura para a população.

— O legado Olímpico precisa ser uma realidade no Rio de Janeiro. Nós não podemos ficar com um "largado olímpico". Essa atividade aqui é espetacular e outras virão. É u momento muito bonito, porque nossos alunos estão entrando naquilo que é deles, essencialmente. Há interesse da Secretaria municipal de Educação de fazer um centro de arte e de ciência — comentou o prefeito Marcelo Crivella.

Agência O Globo

(cópia 1)

Outbrain