container - hyperbanner

1

Notícias

Mercedes-Benz anuncia investimentos de R$2,4 bi no Brasil nos próximos 5 anos

Para 2018, a Mercedes-Benz projeta aumento de cerca de 20 por cento nas vendas de caminhões no Brasil

Da Redação ([email protected] )

A montadora Mercedes-Benz investirá 2,4 bilhões de reais no segmento

de veículos comerciais no Brasil entre 2018 e 2022, com o objetivo de

modernizar suas fábricas de caminhões e chassis de ônibus em São

Bernardo do Campo (SP) e Juiz de Fora (MG), informou a empresa nesta

segunda-feira.

De acordo com a companhia, controlada pelo grupo

alemão Daimler, os recursos também serão utilizados na modernização dos

veículos, no desenvolvimento de novos produtos e de tecnologias em

serviços e conectividade.

“Com esses novos investimentos, a

empresa se prepara para a esperada recuperação do mercado brasileiro

que, apesar de ainda lenta e dos baixos volumes de vendas, tem forte

potencial futuro para os negócios de veículos comerciais" disse o

presidente da Mercedes-Benz no Brasil, Philipp Schiemer, em comunicado.

De

acordo com a Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores

(Fenabrave), as vendas de ônibus e caminhões no país este ano devem

continuar patinando, com um crescimento de apenas 0,13 por cento, para

64.024 veículos vendidos.

Para 2018, a Mercedes-Benz projeta aumento de cerca de 20 por cento nas vendas de caminhões no Brasil

“Juntamente

com o transporte graneleiro, canavieiro e demais atividades do

agronegócio, outros setores começam a dar sinais de retomada, como a

mineração, transporte de gases e líquidos, combustíveis e produtos

frigorificados, que demandam muito caminhão”, disse o vice-presidente de

Vendas, Marketing e Peças & Serviços Caminhões e Ônibus da

Mercedes-Benz do Brasil, Roberto Leoncini.

A companhia também

anunciou a construção de um campo de provas para ônibus e caminhões na

cidade de Iracemápolis (SP), com o custo de 70 milhões de reais.

Atualmente,

a Mercedes-Benz está executando um investimento de 730 milhões de reais

até 2018, com foco na modernização das duas fábricas, sendo 500 milhões

de reais em São Bernardo do Campo e 230 milhões de reais na planta de

Juiz de Fora (MG).

Por Agência O Globo


(cópia 1)