container - hyperbanner

1

Notícias

Temer diz a governadores que União vai ajudar a reequipar polícias locais

O presidente também fez um apelo para que os governadores garantam mais vagas no sistema penitenciário

Da Redação ([email protected] )

O presidente Michel Temer anunciou, na abertura de uma reunião com

governadores nesta quinta-feira, que o governo federal elaborou um plano

para ajudar a financiar o reequipamento das polícias estaduais.

“Nós

temos um plano, já delineado na noite de ontem, de maneira a que nós

possamos financiar, o Jungmann detalhará esta hipótese, nós podemos

ajudar a financiar os Estados para o reequipamento das polícias locais,

das polícias estaduais”, disse Temer.

Há duas semanas, o governo

federal decretou uma inédita intervenção na área de segurança pública

dos Estado do Rio de Janeiro, e a partir daí passou a colocar o tema

como sua prioridade, inclusive criando o Ministério Extraordinário da

Segurança Pública, tendo Raul Jungmann como titular.

Temer

abriu a reunião --que contou ainda com a presença da presidente do

Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, dos presidentes da Câmara,

Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), e de

ministros-- afirmando que o objetivo do encontro era de motivação para

todos concentrarem esforços para a melhoria da segurança pública, que

apontou como uma das principais preocupações da população.

"Que

os senhores, nos respectivos Estados, possam reunir as entidades todas, a

partir do Ministério Público local, a partir do Tribunal de Justiça

local, do Judiciário local e, ao mesmo tempo, reunindo a sociedade, as

entidades representativas da sociedade, para que todos possam

mobilizar-se em favor da segurança pública", disse Temer.

O

presidente também fez um apelo para que os governadores garantam mais

vagas no sistema penitenciário, lembrando que no ano passado o governo

federal destinou recursos para construção de uma penitenciária em cada

Estado, além de presídios federais, mas esse projeto não foi adiante.

Agência O Globo


(cópia 1)

Outbrain